domingo, 9 de abril de 2017

A Paz e a Democracia segundo o PCP

Libération 6-4-2017
Perante este bárbaro ataque com armas quimicas prepertado por Bashar Al-Assad, que vitimou 86 civis na povoação Khan Cheikhoun, por cá o PCP, na melhor tradição da sua ortodoxia, da qual não se consegue aliar, votou contra a condenação do ataque

O mesmo PCP que afirma sem margens para dúvidas que a Coreia do Norte é uma democracia, que na Venezuela é o imperialismo que está a colocar em causa o "processo democrático e progressista de afirmação soberanaque é um dos pilares que sustenta este governo. Por mais quanto tempo.

video

Sem comentários: