domingo, 31 de março de 2013

Encontro com a Refood e com a Associação de Moradores das Avenidas Novas

Isabel Simas, Paulo Lopes, Luísa Chaves, Hunter Halder, Daniel Gonçalves, José Marinho e António Parente
Na ultima semana continuámos os contactos com os comerciantes da Freguesia e visitámos a Refood, um projecto de solidariedade que nasceu na freguesia Nossa Senhora de Fátima, iniciativa do estimável Hunter Halder, que deve continuar, ter muito mais apoio e ser alargada à área da nova Freguesia das Avenidas Novas.

Este é um projecto que irá contar de certeza com todo o apoio e empenhamento desta equipa liderada por Daniel Gonçalves, a partir das próximas eleições autárquicas.

A Refood funciona actualmente com 2 núcleos: o mais antigo e que visitámos e o de Telheiras. Em Nossa Senhora de Fátima, funcionam em instalações amavelmente cedidas pelo Pároco de Nossa Senhora de Fátima, mas que são já insuficientes para as cerca 100 famílias que apoiam, a que há que acrescentar muitos dos sem abrigo que se encontram nas ruas da Freguesia. Contam com o trabalho de 30 a 40 voluntários diariamente, num total de cerca de 230 voluntários.

É pois urgente encontrar novas instalações que permitam à Refood e ao Hunter Halder, prestar ainda um melhor e maior apoio às famílias carenciadas da Freguesia, que nos difíceis tempos que atravessamos, são cada vez mais.

No final da semana, reunimos com a Associação de Moradores das Avenidas Novas. Um encontro extremamente produtivo, onde tomámos devida nota das preocupações dos moradores, no que toca às alterações que a CML pretende introduzir nas Avenidas João Crisóstomo, Miguel Bombarda e Defensores de Chaves. Tivemos ainda oportunidade para ouvir sobre os problemas provocados pela introdução dos dois sentidos na Rua D. Filipa de Vilhena, sem esquecer os problemas dos prédios "abandonados" e que um a um vão caindo, perdendo-se dessa forma um valioso património arquitectónico, sem que se veja a CML a fazer algo para o evitar. O estado preocupante dos jardins do Arco do Cego e da Casa da Moeda, foi também abordado.

Paulo Lopes, Daniel Gonçalves, Alfredo Pereira, José Soares (Pres. da Ass de Moradores), Martins Alfaro (Pres. do Concelho Fiscal da Ass. de Moradores) e Luisa Chaves.
Relativamente à Rua D. Filipa de Vilhena, foi possível verificar in loco os problemas referidos, provocados pelo aumento de tráfego e que vão do mau estado do piso, ao aumento da poluição e que nos foram também referidos por muitos dos comerciantes com quem contactámos nesse mesmo dia.

Estas instituições terão que ser encaradas no futuro, pela próxima Junta de Freguesia, liderada pelo meu amigo e companheiro Daniel Gonçalves, como extensões da própria Junta de Freguesia, pelo papel que já hoje desempenham e que é não só reconhecido pelos moradores e comerciantes, como são cada vez mais ouvidas sobre o que se passa nas suas áreas de influencia.

Ainda no dia em que decorreu este encontro com a Associação de Moradores das Avenidas Novas, o seu Presidente foi entrevistado por uma das televisões, sobre mais um prédio que ruiu nas Avenidas Novas. Não podemos continuar a agir como se não existissem.  Temos que lhes dar as mãos e trabalhar em conjunto para o bem da Freguesia e da sua população.

Esta é uma certeza que, enquanto candidatos à nova Freguesia das Avenidas Novas, pela coligação PSD/CDS, podemos assumir sem medo de falhar, pois o que nos move é o trabalho em prol da população e portanto todos aqueles que já hoje fazem esse trabalho de forma voluntária, podem ter a certeza que nos terão sempre do seu lado.

terça-feira, 26 de março de 2013

Quantos eram?


Meia Maratona de Lisboa 2013 - 24 de Março
Números oficiais: 40 mil participantes
Pelas contas da CGTP: 2 milhões

segunda-feira, 25 de março de 2013

Daniel Gonçalves nas Avenidas Novas

Luísa Chaves, Paulo Lopes, António Parente, Daniel Gonçalves e Isabel Simas

Durante a última semana o candidato da coligação PSD/CDS à nova Freguesia das Avenidas Novas, Daniel Gonçalves, continuou a percorrer a Freguesia.

A semana começou com uma visita à Universidade Sénior, iniciativa da Junta de Freguesia de São Sebastião da Pedreira, já com bastantes anos e reconhecido sucesso, contando actualmente com 146 alunos.

Depois de visitar e acompanhar as actividades que estavam a decorrer, reuniu-se com a directora da Universidade, com o Presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião da Pedreira, Nelson Antunes e com Fátima Samoqueiro, também do Executivo da Junta de Freguesia. Na altura, foi não só possível tomar conhecimento de forma mais aprofundada das actividades desenvolvidas, mas principalmente colher informações que permitam adaptar esta iniciativa à área da nova Freguesia, de forma a poder abranger um maior número de alunos e também novas "disciplinas".

Seguiu-se uma visita à Associação para o Desenvolvimento e Apoio Social do Bairro do Rego (Santos), sempre acompanhado de outros candidatos da sua lista, onde foram recebidos pela Direcção da Associação e visitaram demoradamente o Centro de Dia.

Tendo esta candidatura a área social como principal pilar, e sendo o trabalho desenvolvido pela ADAS/BR importantíssimo no apoio aos idosos e aos mais desprotegidos do Bairro, ficou a certeza de que o apoio e colaboração entre a actual Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima e a Associação é, não só para manter, como para desenvolver, nomeadamente nas áreas de enfermagem e serviço de refeições, nas quais será possível abranger mais população.

Mantiveram-se também os contactos com os comerciantes, ouvindo atentamente quer as suas preocupações, quer as suas informações sobre diversos problemas sociais de que vão tendo conhecimento, fruto da sua interacção com os clientes, muitos ainda moradores. 

No sábado participámos na visita ao Bairro Azul, promovida pelo Fórum Cidadania LX, no âmbito do Dia Nacional dos Centros Históricos e que teve como guia a Presidente da Comissão de Moradores do Bairro, Ana Alves de Sousa.

Esta foi uma excelente iniciativa que contou com a participação de uma vintena de pessoas e que ofereceu uma visão diferente do bairro, daquela que temos ao passarmos apenas pela suas ruas. Foi possível entrar em diversos prédios, entrar num andar e ainda subir ao terraço de um deles, tudo apenas possível graças ao trabalho da Comissão de Moradores. Aliás, quer esta Comissão de Moradores, quer outras entidades semelhantes, poderão contar por parte da candidatura encabeçada por Daniel Gonçalves de todo o apoio, em tudo o que se  relacionar com o bem estar dos moradores.

Apesar dos diversos "crimes" arquitectónicos que têm sido cometidos nos últimos anos, este é um Bairro que ainda se mantém relativamente inalterável e que deveria merecer da Câmara Municipal uma atenção que não tem tido.

domingo, 24 de março de 2013

The Dark Side of the Moon - 40 Anos

video
Faz hoje 40 anos que foi lançado o oitavo álbum de estúdio dos Britânicos Pink Floyd - The Dark Side of the Moon.

Produzido por Allan Parsons e gravado entre 1972 e 1973 no Abbey Road Studios de Londres, é provavelmente o 2º àlbum mais vendido de sempre, com cerca de 50 milhões de cópias (o primeiro é Thriller de Michael Jackson com quase 70 milhões de cópias)

The Dark Side of the Moom é considerado como um dos mais importantes álbuns rock de sempre e a Biblioteca do Congresso dos EUA escolheu-o este ano para ser um dos discos a integrar o seu arquivo discográfico nacional, apesar de a banda ser Britânica, preservando assim esta obra para a posteridade.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Jantar com Mariana Teixeira

Participei ontem num jantar com a Mariana Teixeira, candidata do PSD à nova Junta de Freguesia de Alvalade (que vai agregar as actuais Freguesias de São João de Brito, Campo Grande e Alvalade), que juntou autarcas do PSD das actuais 3 Freguesias, numa inequívoca manifestação de apoio a esta candidatura.

Num clima de grande motivação e participação Mariana Teixeira apresentou aos presentes as linhas mestras que serviram de base ao programa que pretende apresentar à população e ouviu os contributos daqueles que no presente mandato tem tido responsabilidades autárquicas.

Visita guiada ao Bairro Azul

In Cidadania LX
No âmbito do Dia Nacional dos Centros Históricos 2013 o Fórum Cidadania Lx promove amanhã uma iniciativa de chamada de atenção para o Património Arquitectónico do séc. XX, organizando 2 visitas guiadas, gratuitas, a 2 bairros emblemáticos do Movimento Moderno: Bairro das Colónias e Bairro Azul.

A visita ao Bairro Azul terá o ponto de encontro pelas 15h., na Av. Ressano Garcia, junto à entrada do Metropolitano.

Edificado na década de 30 do século passado, o Bairro Azul insere-se actualmente na Freguesia de São Sebastião da Pedreira. A partir das próximas eleições autárquicas,  por via da Reforma Administrativa de Lisboa, passará a fazer parte da nova Freguesia das Avenidas Novas.

Guiada por Ana Alves de Sousa, que tem sido nos últimos anos uma das principais intervenientes na defesa do Bairro, esta é uma oportunidade rara de conhecer, a história, as características, mas de certeza também os problemas, desde bairro histórico da cidade de Lisboa, que apesar de ainda não ter completado um século, é sem dúvida um marco na arquitectura de Lisboa.

Para saber desde já um pouco da história do Bairro Azul, clique aqui e aqui

quarta-feira, 20 de março de 2013

Fados em São José

Ontem à noite estive na Freguesia de São José, a assistir à Grande Noite do Fado em Honra de São José, numa organização da Junta de Freguesia, que tem tido do seu Presidente e meu grande amigo, Vasco Morgado, uma dedicação ímpar que faz do seu mandato, que agora está a terminar, um exemplo de sucesso na cidade de Lisboa, que espero que continue na futura Freguesia de Santo António, onde o Vasco será o cabeça de lista da candidatura PSD-CDS.  

Esta presença na casa da Comarca de Arganil, serviu também para manifestar de uma  forma inequívoca o meu apoio quer ao Vasco Morgado e à Cristiana Calheiros, quer aos outros companheiros que irão integrar a lista candidata a Santo António, que poderão contar com a minha colaboração para os levar à Vitória e fazer da futura Freguesia de Santo António, mais um caso de sucesso autárquico.

Se o Vasco Morgado nestes últimos 3 anos e meio, teve a capacidade e o engenho de fazer a obra que é de todos conhecida, imagine-se aquilo que poderá fazer numa Freguesia muitíssimo maior e com mais competências. Um autarca modelo, que merece continuar a governar, para bem da sua população e de Lisboa, razões mais do suficientes para ser merecedor do apoio de todos nós!

terça-feira, 19 de março de 2013

O abraço de um pai

Jean-Marc Boujou - AP
No dia do Pai uma dura imagem de Março de 2013, de um pai preso no deserto abraçado ao seu filho. Seja onde for, em que situação for, o abraço do pai é algo que não se explica, mas que cada um sente como único e nos conforta.

Nas palavras do fotografo, "Toda a cena foi surreal. Esta imagem foi uma dos últimas da minha carreira. (...) Eu olho para ela hoje e pergunto o que aconteceu com aquele menino. Pergunto porque estávamos em guerra. O que foi realizado? Dez anos. Um exército de mortos, feridos e mentalmente destruído. Talvez eles também se perguntem: porquê?"


sábado, 16 de março de 2013

Magalhães Pereira em Campolide

Depois de ontem ter acompanhado o meu candidato às Avenidas Novas, estive esta manhã na Freguesia vizinha de Campolide, com o meu amigo e companheiro Magalhães Pereira, candidato da coligação PSD-CDS à Freguesia de Campolide, num périplo pelos Bairros da Serafina, Liberdade, Bela Flor, Cascalheira e Tarujo 

Numa chuvosa manhã de Sábado e na companhia dos membros da Assembleia de Freguesia de Campolide, Cristiana Calheiros e Frederico Coelho e ainda da nossa companheira Helena Coelho, Magalhães Pereira percorreu demoradamente as ruas destes Bairros, tomando conhecimento do abandono a que se têm encontrados votados por parte da Câmara Municipal e de uma Junta de Freguesia, que no presente mandato, mais se preocupou na promoção pessoal, em vez de ter tido uma intervenção, séria, na defesa dos interesses da sua população.

Três anos e meio depois de uma forte colaboração com a Freguesia de Campolide, foi com entusiasmo que aceitei acompanhar o meu amigo Magalhães Pereira nesta caminhada, onde infelizmente pude testemunhar que, no actual mandato nada, ou quase nada mudou nestes bairros, que como alguém afirmou, mais parecem uma "Beirute em Lisboa". 

sexta-feira, 15 de março de 2013

Candidato do PSD-CDS em contacto com Artesãos e Comerciantes das Avenidas Novas

O Candidato da coligação PSD-CDS à Presidência da nova Freguesia das Avenidas Novas, Daniel Gonçalves, esteve presente hoje no encerramento da exposição "Cantinho do Artista" na Av. de Berna, contactando com os diversos expositores presentes e também com alguns comerciantes da Freguesia.

O "Cantinho do Artista" é uma iniciativa de grande sucesso, levada a cabo pela Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, há já vários anos, que promove os trabalhos de uma comunidade de artesãos que durante o ano participam no projecto "Eco Envelhecer", também ele da responsabilidade da Junta de Freguesia.

Sendo o "Cantinho do Artista" um projecto iniciado por autarcas do PSD e tendo o sucesso que tem, Daniel Gonçalves teve oportunidade de, em conversa com os artesãos, afirmar a importância da mesma e de ser uma iniciativa a continuar e a alargar no futuro.

Recebido de forma calorosa pelos artesãos e pelos comerciantes, esta tarde de contactos é sem dúvida um excelente sinal para os próximos meses, em que o Candidato da coligação PSD-CDS irá estar em campanha pela Presidência da Junta de Freguesia das Avenidas Novas, que vai agregar as actuais Freguesias de Nossa Senhora de Fátima e de São Sebastião da Pedreira.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Na Cruz Quebrada-Dafundo continuam as irregularidades e intimidações por parte do Presidente da Junta de Freguesia

Na Assembleia de Freguesia da Cruz Quebrada-Dafundo, realizada no passado dia 27 de Fevereiro, o Senhor Presidente da Junta de Freguesia deu-nos finalmente o prazer da sua presença, depois de ter faltado às últimas 4 reuniões realizadas a 20 de Novembro, 20 de Dezembro, 16 de Janeiro e 5 de Fevereiro.(ver aqui as actas)

Convocada a pedido do Senhor Presidente da Junta de Freguesia para o dia por si indicado, e tendo como ponto principal a substituição dos 2 membros demissionários do executivo e dos 2 que renunciaram ao mandato, foi com alguma surpresa que se verificou que da lista do PS, apenas compareceu a esta reunião 1 dos 5 eleitos, se bem que esta situação tem sido usual nas ultimas Reuniões da Assembleia. Mas, surpresa maior foram os nomes propostos à Assembleia, pelo Senhor Presidente da Junta, para substituírem os demissionários e renunciantes ao mandato, todos membros da lista do PS, por si encabeçada em 2009.

Dos três nomes propostos, apenas um se encontrava presente na sala. Quanto aos outros dois, fazendo parte da lista do PS apresentada em 2009, não são membros da Assembleia, pelo que nunca poderiam ser escolhidos, uma vez que apenas podem ser seleccionados para ocuparem lugar no executivo, membros efectivos e em plenas funções na Assembleia, no momento da votação.

Mas como tal, só por si, já seria perfeitamente irregular à face da Lei, o Senhor Presidente ainda apresentou uma "declaração sob compromisso de honra" assinada pelos 3 elementos por si indicados bem como 2 "procurações" em que dois desses elementos se fariam representar pelo terceiro na Assembleia, em que a única assinatura que era possível comprovar era a do membro presente da sala, sendo que tenho sérias dúvidas da veracidade das outras duas, uma vez que não foram reconhecidas em notário e são extremamente semelhantes. Mas independentemente da veracidade ou não das referidas assinaturas, tenho muitas dúvidas que esta manobra, mais uma, do Senhor Presidente da Junta seja permitida.

Enfim, mais um triste episódio, protagonizado por este presidente de Junta, que recorre permanentemente à mentira e intimidação para tentar enganar e pressionar os membros da Assembleia e a População, nomeadamente quando afirma ter instaurado processos judiciais aos membros da Assembleia, sem nunca os mostrar ou provar.

Mas como se tudo isto não chegasse, o Senhor Presidente da Junta, entregou esta semana aos membros da Assembleia de Freguesia, uma proposta de Orçamento para 2013, datada de 14 de Dezembro de 2012 (???), assinada por 3 dos 5 membros do Executivo (Por si, pela secretária, que é sua sogra e que já apresentou a renúncia ao mandato e pelo membro eleito na ultima Assembleia), mas onde curiosamente não consta a assinatura do Tesoureiro do Executivo. Qual será a sua ideia, com a entrega deste documento, quando já estamos quase no fim do primeiro trimestre e quando o deveria ter apresentado em Dezembro passado, não sei. Mas de certeza que brevemente o Senhor Presidente irá ter mais uma das suas brilhantes ideias, ilegal de certeza, e nos brindará com mais uma das suas jogadas.

E quer este Senhor, que se candidatou pelo Partido Socialista à Cruz Quebrada-Dafundo em 2009, ser candidato a Presidente da Câmara Municipal de Oeiras. Se como independente ou por outro Partido, que provavelmente andará a tentar enganar para o apoiarem, não sei. Mas quando nem consegue ter consigo os membros da sua actual lista, da qual já renunciaram ao mandato 11 membros, não reúne o executivo da Junta de Freguesia há vários meses, falta às Assembleias de Freguesias, colocou contra si todas as instituições e colectividades da Freguesia, seria muito negativo para o Concelho tê-lo, sequer, como vereador. Esperemos que o bom senso prevaleça, pois pela população tenho a certeza que não voltará a ser eleito.

Oeiras precisa de

domingo, 10 de março de 2013

Candidatos do PSD a Presidentes de Junta de Freguesia de Lisboa


Uma crise anunciada

Prefácio do livro "Roteiros VII", publicado pelo Presidente da República, onde é feita uma análise das razões que nos levaram a esta crise e do consequente pedido de apoio financeiro externo, apoiado por 90% dos deputados, questões que muitos continuam a querer esquecer e actuam como se não tivessem qualquer responsabilidade na actual crise.

Aos que criticam o "silêncio" do Presidente da República, é respondido de uma forma clara que não é com protagonismos e exposição mediática, que o Presidente da República pode ajudar o país, mas sim com uma verdadeira "magistratura de influencia", muita vezes executada longe dos olhares dos media e desconhecida da maioria dos Portugueses, mas que tem contribuído, tenha a certeza, para que Portugal venha recuperando a sua credibilidade quer internacional, quer junto dos Portugueses, que têm contribuindo de uma forma exemplar, para sairmos da crise. 


Download do PDF do prefácio aqui

sábado, 9 de março de 2013

Saldanha - A praça mais caótica de Lisboa

In revista Sábado 7-03-2013
"Diariamente, centenas de pessoas fazem travessias fora das passadeiras. Quem cumpre as normas pode levar cinco minutos à espera nos semáforos.
(...) Em nenhum outro local de Lisboa automóveis e peões convivem de forma tão violenta.
(...) Entre 2004 e 2011 houve 230 acidentes no Saldanha, dos quais 35 foram atropelamentos".

Ler aqui o artigo na integra

Referido neste artigo da revista Sábado, o estudo da socióloga Hélène Frétigné - A Praça Adida, estudo de fluxos pedonais na praça do Duque de Saldanha, apresenta algumas razões para o caos referido no artigo, além de nos dar na sua primeira parte uma história da evolução da praça desde o final do sec XIX até quase aos nossos dias.

No estudo é afirmado que "apesar do grande fluxo pedonal gerado na praça – relativamente ao qual não é preciso dar grandes justificações – nada foi (nem está a ser) feito para melhorar as condições de circulação dos peões para aumentar as suas possibilidades da fruição, para fazer deste espaço tão frequentado um espaço de convívio, uma praça pública.

Surge então uma pergunta: será que são os centros comerciais que constituem a praça pública em lugar da Praça propriamente dita? É o que nos dá a entender o arquitecto Diogo Lino Pimentel, quando lhe é formulada a questão da má gestão da Praça no que diz respeito ao pouco interesse por parte da Câmara Municipal para dar resposta a essa necessidade de praça pública no Saldanha."

Um desafio para a próxima Vereação Municipal de Lisboa e para os futuros autarcas das Novas Freguesias das Avenidas Novas e de Arroios.

sábado, 2 de março de 2013

É preciso não ter vergonha nenhuma


E enquanto estiveram no Governo, do qual saíram à apenas 20 meses, estiveram a fazer o quê?